Shutterstock – O que é e como funciona

Shutterstock

A Shutterstock é uma velha conhecida de muitos profissionais que trabalham na internet. Esta plataforma oferece recursos para produção de conteúdo em diversos sites, blogs e até redes sociais.

Pode ser uma verdadeira aliada para a criatividade. O processo de criação de conteúdo é muito parecido com um processo de construção, é necessário ter recursos para materializar as ideias e criar um conteúdo relevante.

Tendo esta analogia como base, a Shutterstock poderia ser vista como uma fonte de recursos para construir ideias e colocá-las em prática. É por isso que a plataforma se mantém ativa ao longo de tantos anos.

Neste artigo vamos conhecer melhor esta plataforma e como os usuários podem explorar seus recursos.

O que é o Shutterstock

A Shutterstock é uma companhia digital especializada no fornecimento de arquivos de mídia. Trata-se de uma empresa pioneira no serviço de banco de imagens na internet. 

A empresa surgiu por volta de 2003 quando o fotógrafo e programador John Oringer decidiu criar uma plataforma virtual para o armazenamento de mídias digitais. O objetivo era criar um banco de imagens vasto para que todo tipo de usuário pudesse encontrar recursos e produzir conteúdo.

Como resultado, milhares de usuários de áreas correlatas se reúnem diariamente na plataforma em busca de imagens, vídeos e outras mídias que possam contribuir para o desenvolvimento de conteúdo digital.

Geralmente os usuários dessa plataforma são profissionais que atuam com design gráfico, fotógrafos e gestores de criação.

Uma característica que contribui para o sucesso da plataforma é a eficiência do sistema de busca. Os motores de busca conseguem retornar resultados com base em palavras-chave, mas também utilizam um sistema de pesquisa reversa.

A tecnologia de pesquisa reversa permite que o software receba uma imagem e apresente conteúdo relacionado com a imagem que foi utilizada para a busca. Essa solução ajuda os usuários a encontrarem as mídias sem grandes dificuldades.

O curioso a respeito da plataforma é que apesar de ter iniciado a atuação como um banco de imagens, ela começou a expandir as mídias disponibilizadas. Atualmente é possível encontrar músicas na plataforma além das imagens e outras mídias já mencionadas neste artigo.

Muitos encaram a Shutterstock como uma agência de fotografias, mas sua relação com outras mídias faz a plataforma se enquadrar na categoria de banco de mídias.

Shutterstock grátis ou pago – Saiba como funciona

Depois de entender o que é a Shutterstock, chegou a hora de compreender como a plataforma funciona.

A plataforma contém quatro opções de plano para seus usuários. Sendo elas: Sob demanda, Flex, Pro, Equipe, Enterprise. Todas as opções são pagas e selecionadas para atender às necessidades de grupos de usuários específicos.

Sob demanda

O plano sob demanda é o mais simples entre os planos oferecidos pelo banco de imagens. Esse plano dá acesso a uma quantidade de imagens que varia entre 5 e 25 imagens por ano. 

Essa opção é indicada para usuários com necessidades menos expressivas. Além disso, os usuários que buscam essa opção geralmente estão interessados apenas em imagens e não em outras mídias.

Flex

A opção flex já oferece mais recursos para seus usuários. Com um valor mensal compatível com o valor inicial do serviço sob demanda, o plano flex dá a seus usuários acesso a 25 créditos por mês.

Este plano também é conhecido como assinatura tudo em um, porque além das imagens, é possível baixar outras mídias que também são oferecidas pela Shutterstock. Vale destacar que cada mídia possui um valor de crédito diferente, conforme especificado abaixo:

  • Imagens: cada imagem custa 1 crédito;
  • Vídeos: cada vídeo vale 8 créditos;
  • Faixas sonoras: cada faixa vale 4 créditos.

Pro

O plano Pro é considerado o serviço com melhor custo-benefício. Por um valor mais acessível que as opções anteriores, a versão de entrada do plano Pro oferece 10 downloads de imagens além de um conjunto de ferramentas para gerenciamento de conteúdo.

Equipe

A opção para equipes também é atraente para empresas que possuem uma equipe de até 10 usuários.

O serviço dá acesso a 750 downloads por mês, de forma que cada membro da equipe pode ter acesso a 75 imagens por mês. Trata-se de uma quantidade de imagens muito útil para empresas com projetos pontuais e demandas pequenas e médias.

O serviço também permite a colaboração entre os membros da equipe, além de ferramentas para organização e planejamento de conteúdo.

Enterprise

O plano Enterprise é indicado para empresas que possuem uma demanda elevada. Este plano pode ser personalizado de acordo com as necessidades da empresa e com a demanda de serviço.

A opção Enterprise também conta com suporte personalizado. Assim, os usuários conseguem resolver problemas de forma prática e rápida.

Algumas das maiores marcas do mundo são parceiras da Shutterstock e fazem uso do plano Enterprise.

Todos os planos oferecidos pela plataforma contam com as seguintes vantagens:

  • Licença de imagem padrão;
  • Informações de impacto com o público;
  • Acesso com Redes sociais;
  • Biblioteca com mais de 400 milhões de imagens;
  • Suporte ao cliente.

Como funcionam as licenças das imagens

Uma das coisas que atraem usuários para a Shutterstock é a existência de licenças que facilitam o uso das imagens.

Profissionais que trabalham com produção de conteúdo são extremamente cautelosos ao selecionar imagens e outras mídias, tudo para evitar lesões a direitos autorais de outros produtores.

A Shutterstock trabalha com dois formatos de licença, sendo elas: a licença de imagem padrão e a licença ampliada de imagem.

Licença de imagem padrão

A licença de imagem padrão é oferecida em todos os planos da Shutterstock. Essa licença concede ao usuário alguns direitos básicos para o uso das imagens, como:

  • Distribuição ilimitada na internet;
  • Tiragem de até 500.000 impressões;
  • Uso em publicidade Out-Of-Home de até 500.000 impressões.

Apesar de atender a praticamente todas as necessidades dos usuários, essa licença contém algumas limitações de uso comercial. Cabe ao usuário ficar atento se a destinação das imagens não ultrapassa os direitos oferecidos pela licença de imagem padrão.

Licença ampliada de imagem

A licença ampliada de imagem não está presente em todos os planos da Shutterstock. Essa licença pode ser encontrada no plano sob demanda e no plano para equipes.

Além dos direitos concedidos pela licença de imagem padrão, a licença ampliada permite a impressão ilimitada das imagens, distribuição OOH ilimitada e uso comercial livre com cobertura jurídica até US$ 250.000,00 (duzentos e cinquenta mil dólares).

Essa licença é indicada para grupos ou profissionais que pretendem utilizar as imagens na criação de embalagens e na veiculação de produtos comerciais.

Como funciona o pago

Para utilizar os serviços pagos da Shutterstock é necessário realizar o cadastro na plataforma e contratar um dos planos oferecidos pelo banco de mídias.

Os planos pagos podem ser anuais ou mensais. Os planos anuais geralmente oferecem valores mais baixos, tendo em vista que o usuário se predispõe a manter um relacionamento mais longo com a plataforma.

Além disso, a contratação de um lote de mídias favorece a redução do preço do plano. Que pode ser parcelado ou pago à vista.

No plano pago também existe a opção sob demanda. Esse plano é preferido por usuários pontuais e com necessidades de uso mais sucintas.

O plano sob demanda também pode ser vantajoso para pessoas que desejam contratar a licença ampliada e utilizar as imagens livremente para fins comerciais.

Como funciona o gratuito

Diferente de outros bancos de mídia que oferecem uma opção gratuita permanente, o Shutterstock oferece um serviço de teste gratuito por 30 dias.

Esse serviço é compatível com o plano de entrada na opção Pro. Os usuários do teste gratuito têm acesso ao acervo completo da plataforma, com mais de 400 milhões de imagens.

A versão de teste permite o download de até 10 imagens. Usuários interessados podem contratar o plano Pro com um valor acessível e com um bom custo-benefício.

Essa é uma forma prática de conhecer a plataforma e avaliar se os recursos oferecidos atendem ou não às necessidades que o usuário possui. Caso não esteja satisfeito, basta cancelar a assinatura dentro do prazo de 30 dias.

Prós e contras de usar o Shutterstock

Depois de conhecer brevemente algumas das soluções oferecidas por este banco de imagens, é importante avaliar as vantagens e desvantagens que existem no sistema. 

Para ajudar os usuários que ainda não conhecem a plataforma, separamos algumas vantagens e desvantagens deste banco de mídias.

Prós

  • Imagens com alta resolução;
  • Vasto banco de imagens e outras mídias para produzir conteúdo inovador;
  • Várias opções de planos e assinaturas;
  • Variedade de mídias;
  • Aplicativo compatível com sistema Android e IOS;
  • Sistema de apoio e suporte ao usuário.

Uma das vantagens que não foi alistada acima está na licença royalty-free. Essa licença reduz significativamente o custo de uso da imagem, tendo em vista que os usuários só precisam pagar uma vez pela imagem, e não de forma periódica.

Contras

  • Valores altos em comparação com outros bancos de imagem;
  • Avaliação negativa de consumidores em relação ao atendimento;
  • Falta de avisos no sistema de renovação da assinatura;
  • Ausência de um banco de imagens gratuito para usuários.

É evidente que como qualquer banco de mídias, o Shutterstock se equilibra cuidadosamente entre acertos e erros. Cabe aos usuários avaliarem a plataforma e decidirem se as vantagens superam ou não as desvantagens.

Alternativas ao Shutterstock

Caso os usuários não estejam satisfeitos com o serviço oferecido pelo Shutterstock, é possível contratar os serviços de outros bancos de mídia que também possuem um vasto acervo de imagens, vídeos, músicas e outros arquivos.

Separamos alguns dos bancos de imagem que podem servir como alternativa para usuários que não estão satisfeitos com o Shutterstock.

Gettyimages

Trata-se de um dos bancos de imagens mais antigos do mercado. O acervo de imagens da plataforma é vasto. Além disso, assim como o Shutterstock, o grupo oferece acesso a outras mídias de alta resolução e qualidade.

Vale destacar que o grupo é proprietário de um banco de imagens gratuito, que pode ser acessado por qualquer usuário.

Pixabay

Este é um dos bancos de imagem mais populares entre usuários que buscam mídias gratuitas e livres de royalties.

A plataforma não conta com tantos recursos quanto a Shutterstock, entretanto pode ser uma excelente opção para quem possui um orçamento limitado.

Deposithphotos

Outra plataforma que se destaca entre os bancos de mídia é a Deposithphotos. O grupo também possui uma forte tradição comercial e conta com parceiros comerciais poderosos, o que reforça a integridade deste banco de imagens.

Lifeofpix

Esta é uma plataforma com imagens gratuitas e pagas. Conta com um acervo menor que o oferecido por algumas das plataformas mencionadas anteriormente, mas também figura entre os favoritos dos usuários.

Shutterstock para fotógrafos – Saiba como vender suas fotos

Profissionais do ramo da fotografia e design de imagens também podem ganhar dinheiro com esta plataforma.

Visando ampliar o banco de imagens, o grupo permite que profissionais se cadastrem como colaboradores. Basta realizar um cadastro, enviar as imagens, aguardar a aprovação do conteúdo e receber pagamentos à medida que as imagens são baixadas.

A plataforma também permite que usuários ganhem dinheiro através da indicação de clientes e colaboradores.

Quanto mais popular é uma imagem, maior a quantidade de downloads por parte dos usuários, e consequente, maior o ganho do colaborador que enviou a imagem.

De acordo com registros, o índice de remuneração coletiva da plataforma já ultrapassou a faixa de 1 bilhão de dólares desde a sua criação.

Shutterstock é confiável

Graças a sua presença sólida no mercado, e a quase duas décadas de tradição comercial, muitos usuários consideram o Shutterstock como um banco de mídias confiável.

É verdade que ao avaliar a plataforma é possível encontrar vantagens e desvantagens, entretanto, muitos acreditam que os prós superam os contras e que a segurança oferecida pelo banco de imagens compensa os desconfortos.

O grupo demonstra um sério compromisso com os usuários e sua parceria com marcas reconhecidas no mercado tornam a plataforma confiável para os consumidores.

A melhor forma de avaliar a confiabilidade do Shutterstock é analisando a reputação do grupo de acordo com a opinião dos usuários. A prova social pode ser uma das melhores maneiras de decidir se vale ou não a pena contratar os serviços dessa plataforma.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem